Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Metamorfoses

Imagem
"Metamorfoses" do Poeta Latino Ovídio "Não há coisa alguma que persista em todo o Universo. Tudo Flui, e tudo só apresenta uma imagem passadeira. O próprio tempo passa com um movimento continuo, como um rio.. O que foi antes já não é, o que não tinha sido é, e todo instante é uma coisa nova. Vês a noite, próxima do fim, caminhar para o dia, e à Claridade do dia suceder a escuridão da noite... Não vês as estações do ano se sucederem, imitando as idades de nossa vida? Com efeito, a primavera, quando surge, é semelhante à criança nova. . . a planta nova, pouco vigorosa, rebenta em beatos e enche de esperança o agricultor. Tudo floresce. O fértil campo resplandece com o colorido das flores, mas ainda falta vigor às folhas. Entra, então, a quadra mais forte e vigorosa, o verão: é a robusta mocidade, fecunda e ardente. Chegai, por sua vez, o outono: passou o fervor da mocidade, é a quadra da maturidade, o meio-termo entre o jovem e o velho; as temperas embranquecem. Vem, depoi…

Direitos Humanos – Parte 1

Imagem
São muitos os direitos que possuímos divididos em 30 artigos, que em 1948 foi promulgado pela Nações Unidas como a Declaração Universal de Direitos Humanos. Tal declaração nasceu em conjunto com os acontecimentos mundias da Segunda Guerra Mundial, com os abusos cometidos por ambos os lados entre Aliados e os Nazi-Facistas. Como a Bomba de Hiroshima e Nagasaki atirada em um alvo civil, como retaliação ao atentado Japonês de Pearl Harbor e o Holacausto como a solução final por parte da Alemanha Nazista que perseguiu milhares de Judeus, Ciganos, Negros e Homossexuais com o propósito de criar uma raça forte e pura Ariana, proposta também pela Eugenia. A idéia com tal declaração, seria propor uma espécie de Direito Universal e Ético, um modelo idealizado pelo qual todas as nações deveriam guiar-se, a fim de preservar a vida humana e evitar que os abusos cometidos contra a vida humana, continuassem a ocorrer no mundo, além de promover a justiça, igualdade e paz social. Algumas criticas a De…

A Máquina Humana

Imagem
Desde o advento da ciência, temos assistido a uma crescente dessacralização do corpo humano, são inúmeras as comparações da ciência, do corpo humano e órgãos, como sendo um verdadeiro sistema mecânico e padronizado, como se verdadeiramente funcionássemos como máquinas, sustentadas por uma grande bateria, chamada coração. Ainda atuamos sob um paradigma Newtoniano-Cartesiano, do qual o Universo é como se fosse um relógio, e Deus o Grande Relojoeiro que ajustou os ponteiros, e de que de tempos em tempos dá a corda, para que o relógio não pare de funcionar. Esta era e ainda é a metáfora Newtoniana de Ciência Determinista, na qual todas as causas do Universo, obedeceriam a leis estritamente rígidas e controladas que forneceriam todas as respostas, para os acontecimentos naturais. A Medicina Tradicional, é uma das Ciências que mais elevou este paradigma a sua raiz cubica, elevada a oitava potência, baseando-se na alopatia a causa para a cura de todas as doenças, e na substituição de órgãos …