Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Guerra e Paz

Imagem
Este foi o meu post (Dez 09) de estreia e parceria com o blog "Circulo Teológico", confiram também o blog "Reflexões e Pensamentos" cujo pensamento e buscas são semelhantes em "caminhos" e objetivos, com este blog.

Há quantos milênios travamos guerras pessoais e santas contra outras pessoas, culturas e povos ?
Há quanto tempo temos o hábito de dizer que o nosso credo é o único e oficial escolhido por Deus ?
Há quanto tempo estamos combatendo “inimigos imaginários” quando estamos na realidade em presença de amigos ?
Somos conhecidos como uma nação de pluralidade religiosa, graças aos imigrantes advindos de todas as regiões do mundo, que com eles trouxeram seus costumes, tradições e religiões. Temos o privilégio de comungar entre cristãos, mulçumanos e judeus (entre outras religiões.. mas estas 3 em particular, tem Patriarcas em comum e um histórico de guerras e perseguições que já perdura há séculos), e freqüentarmos um a igreja do outro, coisa que em muitos p…

Sobre ser gente...

Imagem
Concordo plenamente com a indagação do Pe. Fábio de Melo : "Quem disse que ser gente é fácil ?"
Nesses meus 30 poucos anos de vida, tanto aprendi, ou melhor "acho que aprendi", e quão infinito é o abismo que me afasta de qualquer sapiência.

Peregrinei muitos anos em busca das respostas pelas minhas indagações espirituais, conversei com pessoas, pastores, gurus, espíritos, videntes...
Busquei centros, igrejas, templos, círculos...
Li toneladas de livros, questionei pontos de vista, ri, chorei, me empolguei, desanimei, desisti, recomecei, caí, levantei...

Toda essa informação me fez perceber que a resposta estava no fundo do meu ser.
Para chegar a essa simples percepção, que de tão sutil, parece intocável quando na verdade está embaixo do próprio nariz, tive que sofrer muito.
Não apenas o sofrimento físico, mas o sofrimento mental, emocional e espiritual.
O sofrimento de todo aquele que sai do lugar comum e da vida de mediocridade e entra na difícil mas abençoada bu…

O Vazio da Alma

Imagem
Este talvez não será um post muito agradável de se ler, talvez por conta de um certo tom niilista e melancólico. Porém necessário e pertinente, já que a vida muitas vezes não é feita só de momentos felizes e agradáveis. Talvez tais momentos na verdade, sejam minoritários em nossas vidas, independente a classe social a que se pertença, o “vazio da alma” assola a todos nós, refletindo ou não sobre isso, gostaria que você agora respondesse algumas das questões abaixo. Sendo o mais sincero consigo próprio:

Você já se sentiu alguma vez vazio... uma sensação incomoda de que nada valia a pena ?

Alguma vez já comprou ou consumiu algo, para aplacar este vazio, só para perceber imediatamente depois que o seu vazio, ainda não foi preenchido ?

Já conversou com outras pessoas que disseram a você ter sentido ou estar sentido uma sensação de vazio ?

Pensou por algum momento, de que a sociedade em que vive e pela qual foi educado tornou-se vazia ou o tornou vazio ?

Você fica inúmeras horas realizando algu…

Saindo da MATRIX – Parte II

Imagem
E se tudo o que você pensa que sabe ao seu respeito e do mundo estivesse errado, o que você faria ?

E se o mundo onde vive, fosse apenas uma ilusão, apenas um sonho ou melhor um pesadelo, o que você faria ?

E se você foi levado a crer, que tudo aquilo pelo qual lutou toda a sua vida, na realidade foi apenas uma mentira, o que você faria ?

Calma, você não está louco, muito menos eu... tudo o que fiz foi testar as sua reações, do quanto você está aberto a novas experiências e modelos de mundo, diferente daqueles concebidos pela maioria das pessoas. Para alguns crer em algo, é uma forma de entender o mundo que o cerca. Não há nenhum problema com as crenças, na realidade o problema começa quando passamos a nos identificar de mais, com aquilo que acreditamos. Por exemplo por muito tempo, acreditou-se que a Terra era Plana, que a Terra era o Centro do Universo, que Todos os Corpos Celestes giravam ao seu redor, inclusive o Sol, e que o Homem era o centro de todas as coisas, chamado de Antropoc…

A Igreja na América Latina

Imagem
Caros Leitores do blog SAINDO DA MATRIX. Hoje estou estreiando e retribuindo o carinho com que fui  convidado a escrever e participar de tão precioso blog. Nesta semana onde o clima natalino se faz presente, nasce um novo sol na internet e no mundo dos blogueiros, que preocupados com as questões Sociais e Antropológicas dedicam um pouco de seu tempo compartilhando com todos os interessados, questões pertinentes e indispensáveis em relação aos seres humanos, enriquecendo o mundo internáutico.  Esse sol, é a parceria entre o RODRIGO, e eu. 
Eu sou AUSTRI JUNIOR, Teólogo e Pós-Graduando em Ciências da Religião. É com muito prazer e grande satisfação que aceitei o convite do RODRIGO para dividir esse espaço, e quero registrar aqui que realmente é uma honra muito grande e uma responsabilidade enorme, o que me deixa extremamente lisonjeado. 
O texto que vocês vão ler a seguir é uma resenha acadêmica que narra alguns aspéctos da  cultura teológica da Igreja Medieval no Brasil Colônia, e culmin…

A História das Coisas

Imagem
Você já parou para pensar sobre toda a cadeia e processos envolvidos em um simples objeto que consumimos ? Não ! Então o vídeo cujo link se encontra abaixo, vem a satisfazer esta curiosidade. Agora se a sua resposta for, Sim ! Que você já sabe a origem dos produtos que consome, e como são fabricados ! Bem então este vídeo talvez sirva a você também, pois creio que ira surpreender-se, com todo o processo do inicio ao fim, de uma forma tatalmente nova, e que ninguém nunca lhe contou. Não irei prolongar-me mais, pois mais do que escrever, acredito que o vídeo cujo link menciono abaixo, já vale mais do que 1000 palavras escritas.

Apenas uma advertência, antes de assistir ao vídeo, o mesmo pode provocar uma grande mudança em seus hábitos de consumo e valores. Você pode não ser mais o mesmo, após refletir sobre o que fizemos e o capitalismo "selvagem" fez conosco !!!

Ah... o vídeo é longo... mas vale cada minuto... cada segundo... cada milésimo de segundo do seu tempo... tempo este …

Aprendiz de Feiticeiro

Imagem
Como Mickey na aclamada obra cinematográfica Fantasia, gostamos de brincar de Aprendizes de Feiticeiros e já explico porquê. Desde que a ciência separou Sujeito e Objeto, e fragmentou o conhecimento em áreas cada vez menores, nos tornamos alienados do processo de conhecimento. Cada vez mais sabemos muito sobre pouco ou quase nada, com a hiperespecialização das ciências. Precisamos de uma ciência da consciência e com consciência, que respeite os valores humanos e os incentive, um retorno para uma Paidéia Grega, que prega o desenvolvimento de virtudes e um ensino para a totalidade. Vivemos uma agonia planetária, provocada por uma ciência que desprezou o sujeito e o ethos por de trás das pesquisas. Como Aprendizes que somos ainda, não temos mais do que 10.000 anos enquanto civilização, e a ciência é ainda mais jovem pois nem um milênio ainda completos possui. Acabamos por nos separar e desprezar nossas antigas tradições e raízes ancestrais. Sem dúvida houveram grandes avanços tecnológico…

Caminhos & Escolhas

Imagem
Cito um trecho do diálogo entre o Gato e a Alice no País da Maravilhas de Lewis Caroll, que ilustrará meus comentários a seguir:

- Por favor, disse ela ao Gato, poderia me dizer que caminho devo tomar a partir daqui?
- Depende muito do lugar para onde você quer ir, disse o Gato.
- Pouco importa, retrucou Alice.
- Então, pouco importa também saber que caminho tomar, disse o Gato.
- Contanto que eu chegue a algum lugar, acrescentou Alice.
- Claro que você conseguirá, mas terá que andar muito, respondeu o Gato.

Nos vemos no dia a dia tal como a Alice, numa infinidade de caminhos a seguirmos e confusos de qual a melhor escolha. Diante das encruzilhadas da vida, esperamos encontrar com algum Gato falante, que nos indique a melhor direção a se tomar. Eis de que o Gato não nos ajuda, pois não pode oferecer novos caminhos, além dos que a Alice poderia tomar ou já conhecia. Pois o Gato não é a Alice e portanto cabe somente a Alice traçar o destino que deseja trilhar. Vivemos vidas não vividas, releg…